Homicídios cresceram 22,7% em dez anos no país, aponta Atlas da Violência

Homicídios cresceram 22,7% em dez anos no país, aponta Atlas da Violência

Reprodução.

O número de homicídios no Brasil subiu 22,7% no período de 2005 a 2015, segundo Atlas da Violência 2017 divulgado nesta segunda-feira (5) pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada). Foram 59.080 casos registrados há dois anos contra 48.136 em 2005.

Os Estados que registraram maior aumento no número de assassinatos foram Rio Grande do Norte (280%), Sergipe (167,6%) e Tocantis (164,7%) e Maranhão (160,7%).

Entre os 27 Estados, além do Distrito Federal, apenas cinco registraram redução nos índices no mesmo período –Espírito Santo (-9,5%), Paraná (-1,4%), Pernambuco (-11,2%), Rio de Janeiro (-31,6%) e São Paulo (-38,8%).

Jovens são 48% das vítimas
O estudo destaca ainda que 48% das mortes foram de jovens com idade entre 15 e 29 anos.

Metade dos assassinatos registrados ocorreram em 111 cidades, das mais de 5.560 analisadas.

A diretora do Fórum de Segurança, Samira Bueno, destaca que os números refletem um cenário de guerra no Brasil.

“Em 20 anos, entre 1955 e 1975, morreram 1,1 milhão de pessoas no Vietnã. No Brasil, em 20 anos, entre 1995 e 2015 morreram 1,3 milhão. As 59.080 vítimas de homicídio em 2015 representam 161 mortos por dia.”